RESENHA LITERÁRIA – ENCRENCA

Olá pessoinhas, titia está de volta =)

Hoje vamos surtar falar sobre mais um livro da nossa parceria com o Grupo Editorial Record e que me deixou super encantada.

Título original: Trouble.
Autor(a): Non Pratt.
Páginas: 308.
Gênero: YA.
Sinopse: Quando o colégio inteiro descobre que Hannah Sheppard está grávida, ela tem um verdadeiro colapso. E quem está ao seu lado é Aaron Tyler, um aluno novo e o único garoto que não parece ter segundas intenções em relação a ela. Desejando compensar seus erros do passado, Aaron toma uma difícil decisão: ele se oferece para fingir ser o pai do bebê. E, temendo revelar quem é o verdadeiro pai, Hannah aceita. Em um período marcado por perdas, arrependimentos e esperança, os dois vão descobrir que nada se compara a encontrar o seu primeiro melhor amigo de verdade. Este livro inteligente, por vezes comovente e engraçado, mostra que crescer pode ser complicado, mas é assim que se descobre o que realmente importa na vida.
Editora: Verus – Grupo Editorial Record.

Encrenca conta a história da Hannah, uma típica adolescente impulsiva e rebelde, e do Aaron, que é um garoto aparentemente comum mas que guarda um passado misterioso. Hannah é uma das meninas populares, está em todas as festas com sua melhor amiga, Katie, e não tem vergonha nenhuma de usar todas as armas para conseguir o que quer (bom, na verdade quem quer né ahuahuahau). O Aaron chega no meio do ano letivo, vindo de outra escola e acaba conhecendo a Hannah através dos meninos do basquete. No começo eles não se dão muito bem (total culpa da Hannah), mas quando todos ficam sabendo da gravidez, a vida dela vira de cabeça para baixo e os “amigos” começam a sumir. O Aaron é um dos únicos que ficam ao lado dela e dando apoio.

No decorrer da história a gente vai conhecendo melhor os dois e o que mais ajudou foi a narração dividida entre eles. Eu adoro isso, é muito interessante poder ver uma mesma situação pelo ponto de vista de cada um.

Tudo no Aaron é um mistério, um verdadeiro ponto de interrogação. Ele tem uma mente meio caótica, sempre atormentado, sentindo muita culpa e ele está sempre se esforçando para tentar levar uma vida normal (mais para deixar os pais sossegados do que por ele mesmo). Já Hannah é uma adolescente rebelde, “piriguete” e insegura que ligou o foda-se e agora tem que aprender a lidar com as consequências das suas ações. Ela não tem uma relação muito aberta com a mãe e o padrasto, mas tem uma paixão pela irmãzinha e pela avó (que é um doce gente ♡).

A autora soube trabalhar muito bem o relacionamento deles com os outros personagens, como eles foram amadurecendo durante a história, e não só com relação à gravidez mas também a forma como eles lidam com todos os outros problemas (como o bullying). O que mais me cativou foi a relação do Aaron com o Neville, um senhor que mora no asilo em que ele é voluntário. A maneira como eles se ajudam sem se dar conta, como a amizade vai se construindo aos pouquinhos é muito linda! Sabe aquele calorzinho no peito? Pois foi assim que eu me senti e tive que segurar as lágrimas em alguns momentos.

Confesso que quando li a sinopse eu pensei que fosse ser uma leitura tensa e arrastada, por causa do tema meio polêmico, mas pelo contrário (aleluia)! Eu tive que me segurar pra não acabar de ler no mesmo dia. Eu me vi tão envolvida na história (principalmente com a Hannah) que quando dei por mim já tinha terminado, com um sorriso no rosto e querendo que a história não acabasse nunca ♡.

Vocês gostam de YA? Quais os seus favoritos? ♡

Este livro foi cedido pelo Grupo Editorial Record, nosso parceiro ♡. Para saber mais sobre os selos da Editora, acesse o site oficial clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *